Transição para a mobilidade elétrica: how long?

William Esteves

Not Shakespeare
Mais feijões: possilidade de a Europa decidir este mês pela proibição da venda de motores de combustão, ainda que híbridos ou PHV, a partir de 2035. Isso mais do que corresponderia aos planos/desejos/marketing da Skoda e Renault.

Infelizmente a Renault... Já deu de si:


A sorte é que vamos ter poucos Springs, boa notícia para o @João Prates .

Também fiquei pensando...
Talvez com a importância de tempos de espera curtos, não sei.

Está relacionado com a durabilidade dos equipamentos e em segundo plano com o tempo de carga.
 

William Esteves

Not Shakespeare
Depois de anos em queda, infelizmente o preço do Litio tem subido:

6a00d8341c4fbe53ef027880496424200d-800wi


 

William Esteves

Not Shakespeare
Para já, com algumas unidades de avanço, a Volvo destaca-se com motorizações BEV em soluções pesadas.

Agora, serão mais 100 unidades:

 

Telmo Salgado

Moderator
infelizmente o preço do Litio tem subido

Todos os materiais, compostos e derivados, estão em forte aumento.
Por detrás destas subidas estão os preços da eletricidade em máximos e o aço e transportes em níveis nunca vistos, guiados por especulação ao nível das indústrias de base. Consta-se que as fundições e altos fornos foram propositadamente mantidas em baixa utilização para diminuir oferta e subir preços.
 

João Prates

Archie Bunker
A fazer 800km com 38TON, em condições reais, nem que seja (com sorte) para 2030 :rolleyes:
Isto já é off-pic, eu sei, mas não resisto: Agora faz contas ao dinheiro pago pelos tansos que fizeram as reservas, largos milhares de USD, a render durante todos estes anos...
Não me parece moral financiar indústrias com promessas de vaporware a clientes, ou no mínimo com promessas que são cheques em branco para data incerta. Despicable IMHO.
 
Última edição:

João Prates

Archie Bunker
Estamos a falar de gigantes como Amazon... as condições (imagino eu) devem ser bem distintas, mas sim, também não os vejo a ficar apeados neste cenário.

O mais provável é muitos, senão a maioria, terem já cancelado as reservas fartos de esperar anos a fio, mas disso a Tesla não faz publicidade, evidentemente.
 

Telmo Salgado

Moderator
A Cybertruck é viável, mas já o "Semi"...

(edit o "Semi" também, mas não em todos os padrões de transporte rodoviário)
 

William Esteves

Not Shakespeare
Tenho algumas questões se aquelas especificações são possíveis com aquele preço...

Tenho algumas dúvidas, e alguma desconfiança de que alguns projetos (Semi, Roadster, CyberTruck) vão levar o mesmo fim do Model S Plaid+.... Aparecem versões menos possantes, a um preço superior do que inicialmente previsto...

A não ser, claro, que continue a adiar os projetos.
 

William Esteves

Not Shakespeare
Outro ponto que poderá atrasar a transição, é a legislação.

A T&E refere que "The EU’s 2025 target for carmakers is so weak it will be realised two years earlier, the analysis finds. While many EU countries have to almost halve their total emissions by the end of the decade [1], car manufacturers won’t contribute much to this. T&E said that without setting more ambitious carmaker targets from 2025 onwards – including an intermediate goal in 2027 and an 80% car CO2 cut in 2030 compared to today – it will be very hard for member states to reach their proposed national climate goals by 2030."

image.png


A legislação também ajuda a quem quer apenas cumprir "
Loopholes in the EU rules are also weakening their impact and will let carmakers get away with selling 840,000 fewer fully electric cars this year alone, the analysis finds. Carmakers get easier targets if they sell heavier vehicles, driving up sales of high-emitting SUVs and plug-in hybrids. Daimler and BMW are experts at exploiting sales of fake ‘electric’ plug-in hybrids, which – when not charged – can actually pollute more than fossil fuel engines.

Widespread exploitation has helped put all manufacturers on track to comply with EU CO2 targets for 2021, T&E’s analysis finds. This is despite three companies, JLR, Volvo and Daimler, having higher petrol and diesel car emissions, on average, than five years ago. T&E based its forecast on the CO2 emissions of cars sold in the first half of the year.
"

image.png


Fonte: Electric vehicle boom set to stall as ‘lost decade’ looms
 

Luis Neves

Moderator
Uma curiosidade. A Dacia era dos poucos fabricantes europeus com pouca ambição na eletrificação, apontando para uma meta de 10% de vendas de EV em 2030.

Lançou o Dacia Spring (o EV preferido do Prates) e como resultado neste momento já vende entre 10 e 20% de EV.... :ROFLMAO:

Mais uma vez se prova que procura há e muita, é preciso é que os fabricantes apresentem veículos que vão de encontro às necessidades dos consumidores.
 

João Prates

Archie Bunker
o Dacia Spring (o EV preferido do Prates)
O Prates não gosta de muita coisa e tem de gramar na mesma, e esta em particular é das que me custa zero a gramar, porque afinal é isto que importa:

Mais uma vez se prova que procura há e muita, é preciso é que os fabricantes apresentem veículos que vão de encontro às necessidades dos consumidores.
Mais nada!
 
Top Inferior