Rede Mobi.e

João Prates

Archie Bunker
Desculpa @José Rosado mas acho que não tem nada a ver, no posto fica a 0º, no carro fica a 90º.

E quem sofre mais nem é o cabo como supõe o @Luis Neves , é a tomada do carro.

O cabo é grosso que se farta, não gosta nada de curvas a 90º de facto, e se acontecer muitas vezes não lhe vai dar tempo de vida nenhum, mas pior mesmo é a força que fica a imprimir na tomada, isso sim.

É uma questão de física pura, é o peso do cabo mais a tensão de estar rodado a 90º quando tens cabos de cobre ou alumínio de dezenas de mm2 muito pouco flexíveis a ter de fazer esse ângulo.

O cabo vai estar super tenso a tentar fazer rodar/pivotar a tomada - é bom que as tomadas dos carros sejam mesmo muito bem construídas, caso contrário...!
 

José Rosado

Well-known member
Acho que estão a "exagerar". Poderíamos dizer então que o peso do cabo a puxar a ficha também iria fazer força sobre a mesma. Não vejo isso assim tão critico. Conheço casos de postos que estão bem pior montados.
 

João Prates

Archie Bunker
Sim, o peso do cabo obviamente faz força, mas faz força no sentido esperado, vertical, e sem mais que simplesmente esse peso.

Quando fica a 90º está claramente a fazer uma força muitíssimo superior, de torção, que duvido as tomadas de carregamento dos carros estejam preparadas para uso repetido.

Se eu tivesse um carro que tivesse de carregar assim podes ter a certeza que fazia o maior ângulo possível com o posto/passeio para reduzir o ângulo de 90º.
 
potências de carregamento acima dos 100 kW em número razoável, a ver se a rede não fica obsoleta num instante.
Concordo. os 50kw atuais começam a mostrar muitas limitações.
Creio que a potencia mínima atualmente devia ficar nos 100kw
 

João Prates

Archie Bunker
Eu diria 160 kW como mínimo para os PCRs que deviam ser a partir de agora todos HPCs com esta potência mínima.
Digo esta potência porque sei que os há neste patamar específico, não porque tenha algum motivo especial para escolher este valor.

É que se meterem de apenas 100 kW vai suceder o mesmo que sucedeu nos de 50 kW... parecia muito bom na altura, mas 2 anos depois já era pouco.
Estas coisas levam tempo a pagar, a obter o ROI, e ter de esperar que se paguem pela utilização quando já estão desactualizados a preciser de ser substituídos é péssimo.

Mas acima de tudo que coloquem sempre pelo menos 2, idealmente 3 ou 4 postos no mesmo local.
Congelar-se-nos o sangue nas veias quando vemos outro BEV a passar por nós a pensar que ele vai parar no HPC para onde nos estamos a dirigir e que quando lá chegarmos vamos ter de esperar que ele carregue é algo inadmissível.

Nunca fico preocupado no meu PHV quando sou ultrapassado por um ICE a pensar se vai parar para meter gasolina na próxima área de serviço - é garantido que vai haver umas 8 ou mais bombas na AS e que ele não me atrapalha.
Haver só 1 PCR por área de serviço é inadmissível IMHO.
 
Última edição:

João Prates

Archie Bunker
A forma física como o implementam é secundário, acho eu.

O que interessa é ter equipamento que permita carregar mais de 1 carro acima de 100 kW.

Se o fazem com 1 HPC de 300 kW que tem 3 mangueiras para utilização simultânea ou se o fazem com 3 HPCs independentes de 100 kW para o utilizador final é igual ao litro.

O que interessa é que cada mangueira/ficha consiga dar sempre mais de 100 kW mesmo quando em utilização simultânea, para mim isso é fundamental, o resto não me importa.

Claro que um utilizador com um Taycan ou um Ioniq 5 vai preferir a solução de 300 kW, pelo menos aproveita enquanto não tiver de dividir a potência, evidentemente.
 

Pedro Lopes

Well-known member
Neste meu video, o tema são as estações de carregamento com múltiplos carregadores, que para mim, são o futuro da mobilidade elétrica.

 

Ricardo Pereira

THE Bus Driver
Recebi esta imagem de um serviço semelhante ao Miio onde cobram 0,09€ por kwh em qualquer horário.
Já tinham ouvido falar?
received_229225272532382.jpeg
 

José Rosado

Well-known member
Já conhecia este "CEME" que por acaso (será mesmo só por acaso??) até tem um PCR e uns PCN na Moviflor de Viseu que estão fora da rede mobi.e com preços semelhantes aos que se consegue na rede Continente Plug&Charge
 
Top Inferior