Prius PHV Power Sky - Tertulia

Boa tarde caros amigos e companheiros de aventuras.

Abro este tópico para falar do patinho feio que é o Prius PHV na sua versão Power Sky. Porque patinho feio?

Ora porque tem menos equipamento que a versão "normal". Coisas como os estofos em pele ou HUD não estão disponíveis neta versão, aparentemente sub a desculpa de acrescerem peso ao carro... enfim

Pretendo com este tópico discutir sobre o sistema solar que é usado para carregar a bateria HV. No papel trata-se de um painel de 180watt (provavelmente este valor é o valor de pico) que é usado para carregar uma bateria solar (estacionária) numa primeira fase e depois esta carregar a bateria de tração.

Tendo uma bateria "estacionaria" assumo que o carro dispense a tradicional bateria de 12v certo?

Esta bateria estará incluída na garantia de 10 anos dada pela toyota? a mesma irá certamente fazer inúmeros ciclos de carga e descarga.

Em andamento o painel apenas irá dar apoio aos sistemas de entretenimento e fichas 12v, 180w pode parecer pouco mas acaba por aliviar, embora muito ligeiramente, o consumo energético destas componentes.

Estando parado ao Sol, e fazendo umas contas de merceeiro parece-me que será possível conseguir 1kWh por dia de carga adicional. Assumi 7 horas de exposição e uma eficiência de 80% sobre os 180watt. Ou seja, extrapolando dos baixos consumos EV estimo que seria possível fazer cerca de 8km dia extra (no best case cenário).

Como não conheço os vossos hábitos pendulares aplico a regra aos meus. Ou seja por dia faço cerca de 30km, (o carro fica todos os dias ao sol das 8h até as 16h) assumindo que conseguira recarregar 7/8km dia através do sol, estes representavam aprox 25% das distancias percorridas diariamente.

Apresentando assim os números a poupança é interessante, mas deixo as contas à possa consideração pois posso estar a assumir algum facto erradamente.
 

Léo Grova

Well-known member
Confesso que nunca pensei muito.no power sky, fruto da minha utilização típica - o meu carro está maioritariamente estacionado à sombra.

Ter o carro exposto ao sol vs o ganho (pequeno) que se obtém...
 

William Esteves

Moderator
Conheço um Prius Power Sky e o dono está super contente!

@Joao Ferreira , o meu infelizmente fica sempre ao sol... E até o Prius 3G Solar dava para ficar com o ventilador a funcionar, sempre baixava a temperatura do habitaculo e poupava mais qualquer coisa os plásticos...

Acho que a Toyota não quis de facto promover a solução, por obrigar a prescindir de tanto...

Claro que ia ficar mais caro, mas quem quisesse, pagava.... Quem não queria, não escolhia a opção...
 

William Esteves

Moderator
A ultima vez que falei com ele, disse-me que variava entre 3~4km por dia... Em muitos dias de Verão era o suficiente para regressar a casa sem usar combustível.
 

Bruno R. Almeida

Well-known member
@Joao Ferreira estarei a pensar mal, mas se fazes 30km/dia, utilizarias 50% da bateira. ou seja carregarias menos vezes!

e.g. dia 1) tirada de manhã, 15km, todo o dia ao sol, mais 8km, saída com autonomia estimada de 43km, mais 15km até casa, autonomia final no fim de dia 28km.

dia 2) tirada de manha 15km, todo o dia ao sol, extras 8 km, autonomia estimada 21km, chegada a casa , 6km, toca a carregar!

tudo isto, versus carregamento a cada 3 tiradas/viagens!
 
de facto a matemática parece mostrar que apesar do painel reduzido acaba por existir alguma poupança. A meu ver a poupança maior não será a nível financeiro (pois a poupança deve equivaler a uns 0,10€ dia), acho que o beneficio estará na possibilidade de esticar os intervalos de carga.
Como referes seria possível carregar de dois em dois dias, em vez da carga diária.
 
Tendo uma bateria "estacionaria" assumo que o carro dispense a tradicional bateria de 12v certo?

Entretanto já esclareci este ponto. Quando o carro está em funcionamento a "pilha solar" carrega a bateria e 12v. ou seja confirma-se que a bateria do sistema solar é independente e fornece energia à bateria HV ou à bateria de 12v...
 

João Prates

Archie Bunker
Não @Joao Ferreira , a bateria solar nunca carrega a bateria de 12V, não interpretaste bem o documento e o esquema.

Quando o veículo está parado a energia do painel solar é enviada pelo controlador de carga para a "bateria solar" até acumular carga suficiente que consiga carregar a bateria de tração por descarga da bateria solar. Este ciclo repete-se indefinidamente carregando a bateria de tracção por impulsos de descarga da bateria solar. Esta parte já percebeste, penso eu.

Mas quando o veículo está em andamento o controlador de carga fotovoltaica alimenta directamente o bus de 12V do carro, não vai para a bateria solar!
Relembro que em operação normal é o conversor DC/DC dentro da PCU que mantém a bateria auxiliar em carga constante, alimentado pela bateria de tracção.

Ao alimentar directamente o bus de 12V o painel PV está a aliviar carga do conversor DC/DC da PCU, que assim não precisa de se alimentar totalmente ou parcialmente da bateria de tracção.
Estás efectivamente a aumentar a autonomia do carro ao rolar durante o dia com sol, embora naturalmente de forma extremamente residual, com no máximo 180W de potência extra.

Por curiosidade se ligares todos os acessórios do PHV no máximo de esforço, i.e. bomba de calor no máximo de frio e máxima circulação de ar, aquecedor de vidro traseiro e espelhos retrovisores, desembaciador de pára-brisas, faróis em máximos, e faróis de nevoeiros dianteiros e traseiros acesos, o consumo ultrapassa os 3 kW!
 
Top Inferior