Nissan Leaf assim não.....

João Prates

Moderator
Staff
CKL
O problema é que o mail parece ser verdadeiro
Mas não é tua a captura de imagem pois não?
Volto a dizer, era ir à fonte, a quem publicou essa imagem, e pedir explicações.

Se insistir que é verdadeiro deve mostrar a imagem original e não uma editada, onde há muita coisa propositadamente eliminada, até algumas coisas estranhas.
Com a info toda poder-se-á confrontar os envolvidos, nesse caso o alegado vendedor, e tirar tudo a limpo.

Poes o meu nome, a minha empresa e morada no fim e depois levas com um processo em cima por difamação.
Vamos lá a acalmar os ânimos sff.
 

Telmo Salgado

Moderator
Staff
Argumentação de um lado ou de outro, vai sempre cair numa falácia. Precisamos de factos, meus caros.
Façam o favor de encontrar mais informação fidedigna para alimentar o fórum Ecomove.pt, onde somos lidos e acreditados. 🙏
 

Bruno R. Almeida

Active member
@João Prates , afinal o pisa papeis ainda terá de fazer uns valentes km's até a Toyota ter um BEV para eu trocar....o_O:ROFLMAO::ROFLMAO::ROFLMAO:;)

PS: Agora a sério!! Por favor Toyota, lancem um produto para que não tenhamos de andar a merce de gente louca!!
 

Telmo Salgado

Moderator
Staff
Existem noutros sites ecos desta primeira indicação que as baterias passariam a custar 24mil e tal...:sick:

É o poder das redes sociais, a de propalar valores que tanto podem ser mentira como verdade. Inúmeras vezes me abordaram para perguntar se o Prius já tinha mudado baterias, pois custavam 5mil e tal euros. :rolleyes:
 

Telmo Salgado

Moderator
Staff
:cry:Alguém na Nissan que veja isto e confirme ou tire a limpo esta informação...
 

Joao Ferreira

Moderator
Staff
Parece que Nissan deve estar aprender com a Toyota no que toca a não colocar os pontos nos "i".

@Telmo Salgado gostava de te conseguir responder mas já vi um pouco de tudo, uns dizem cerca de 6.000+IVA outros 24.000+IVA
 

Telmo Salgado

Moderator
Staff
Acho que estás a pessoalizar a coisa, e a misturar o conceito.
Não tenho de ser eu nem tu a confirmar os valores, este assunto é grave demais porque assusta os potenciais clientes dos BEV, alimentando os mitos. É a Nissan que tem de vir a terreiro demonstrar os factos e fazer novamente construir a confiança na sustentabilidade da escolha nos seus produtos. Em meia dúzia de semanas nas redes sociais somos confrontados com isto, e agora nos media?

E quanto à Toyota, nada a ver, julgo que os assuntos do pós-venda são diferentes do que aqui se discute, verdade?
 

Joao Ferreira

Moderator
Staff
Pode parecer que estou a misturar os assuntos, mas na verdade o que eu quero dizer é que os OEM têm que se actualizar e perceber que estamos nos século XXI, os consumidores têm acesso a mais informação pelo que os OEM precisam de ser mais claros e assertivos nas afirmações que fazem.

Esmiuçando os dois casos em questão:

Toyota, devia responder ao questionado e identificar os parâmetros do HHC (voltagens, resistências internas, etc...). Apesar da publicidade ninguém sabe ao certo que parâmetros são medidos no HHC.

Nissan, perante a discussão criada a nível mundial com esta questão do custo das baterias devia esclarecer / refutar ou confirmar aquilo que é comentado por dezenas de clientes, muitos deles questionam directamente a marca contudo ninguém sabe ao certo qual a posição da mesma.

Ambas situações deviam estar claras, e bem definidas por exemplo em press release dos respectivos fabricantes sob a pena de parecer que estamos perante uma operação de cover up, na expectativa que passe depressa.
 

Bruno R. Almeida

Active member
Na peça podem verificar que o Sr. Rui Costa, Diretor do Pós-venda da Nissan em Portugal confirma o valor apresentado. Cerca de 24.000€+IVA
 

Telmo Salgado

Moderator
Staff
Ok, na peça jornalística está um responsável da Nissan a confirmar o preço. Promete mudar o preço para breve.
Outras marcas completaram a peça do puzzle dando os valores de reposição de bateria para os seus BEV, e num caso em particular, o da BMW, no i3 está prevista a substituição por módulos, tecnicamente viável e ajustada.
 

Carlos Costa

Moderator
Staff
Claro que para os haters isto é ouro sobre azul... Analizando friamente, estamos a falar de uma bateria que foi completamente abusada, sem dó nem piedade. 200 000 km em dois anos dá uma média de quase 280 km diários, ou quase 400 km caso o tipo descanse ao fim de semana. Isto significa muitos carregamentos rápidos diariamente, quase que a cozer a bateria em lume brando.

Mesmo sabendo da péssima gestão que a Nissan faz da bateria do Leaf, acho que os actuais proprietários não Uber's podem dormir descansados. Não é novidade para ninguém que o calcanhar de Aquiles dos BEV é a degradação das baterias, sendo que esta limitação é fortemente potenciada quando o uso é para lá de intensivo, quando não há BTMS capaz ou, pior, quando estes dois factores se juntam, como é o caso em apreço.

Isto não invalida que a Nissan seja uma vergonha de marca, adiantando um valor de 7 mil eur em 2017, 9 mil em 2019 e 30 mil passados uns dias. Surreal!!! A própria Tesla, que é uma marca cara que dói, garante 10 a 12 mil para a bateria do Model 3, com mais do dobro da capacidade!!
 
Top Inferior