Mercedes EQV

Telmo Salgado

Moderator
Vem aí a Mercedes EQV (depois de outros comerciais também já propostos em BEV):


100kwh de bateria e um preço que pode ultrapassar 71mil euros, dado ser um produto mais de luxo do que propriamente de trabalho.
Mercedes-Benz garantia de bateria 160mil km ou 8 anos.
 

João Prates

Moderator
CKL
O carro funerário mais caro da história... sinceramente... começo a desconfiar que sou eu o louco, com tanta coisa a vir para o mercado que eu acho serem loucuras... deve ser eu a estar errado!

Qual o mercado alvo deste veículo, alguém me explica? Quem é que vai dar mais de 70 kEur por uma viatura destas? Não percebo.

Quanto à garantia... a Toyota está a jogar forte no marketing ao oferecer as garantias que está a oferecer, está a ser inteligente, e nesse âmbito "papa" a Mercedes sem dificuldade.
Só tenho algum receio que no caso das baterias do grupo PSA o tiro lhe saia pela culatra... a ver vamos... dar 1.000.000 km de garantia para uma bateria PSA... é um risco se calhar grande demais.
 

Telmo Salgado

Moderator
Ainda ontem pensava sobre isto. Como é que a Toyota gere uma garantia dessa extensão?...cá para mim testaram bem as células e o pack e ajuizaram bem o processo de fabrico para nele poderem confiar...
 

Carlos Costa

Moderator
O classe V é um veículo relativamente comum para serviços de transporte de passageiros (taxi, transferes, etc...), obviamente mais vocacionado para um segmento alto / premium. Os interiores são de um nível incomparavelmente melhor que os da Proace, e-NV200, e por aí fora. Os recursos tecnológicos, os revestimentos, equipamentos, decoração, etc, são de outro nível. Comparar estes veículos com a Classe V é comparar a estrada da beira com a beira da estrada. Embora os SUV's de 7 lugares sejam agora os preferidos das famílias numerosas, ainda há algumas que preferem este tipo de solução. Uma coisa destas torna-se verdadeiramente um sonho para grandes viagens, no sentido em que podemos, literalmente, levar tudo o que quisermos e ainda sobra espaço para esticar as pernas "à patrão"!! Para trabalho existe a mais rudimentar Vito, com preços substancialmente mais baixos. Penso até, que já esteve disponível uma versão eléctrica (eVito).

Também existem outras variantes da Classe V, como o famoso carro funerário ou a autocaravana Marco Polo. Gosto especialmente desta última, que rivaliza directamente com a mais conhecida VW Califórnia, oferecendo praticamente as mesmas soluções por um preço semelhante, e com a vantagem de ser muito mais requintada.

Ao dotar este furgão de uma bateria de 100 kWh, a Mercedes está a pensar no uso mais normal desta carrinha, ou seja, nas viagens. E se cumprir os cerca de 400 km de autonomia anunciada, mesmo que a 100 km/h em AE, será uma excelente alternativa aos motores diesel da gama. Atendendo ao preço das versões actuais, os 71 mil eur não me chocam. Continua, na mesma, a ser um disparate de dinheiro!

Quanto à garantia... a Toyota está a jogar forte no marketing ao oferecer as garantias que está a oferecer, está a ser inteligente, e nesse âmbito "papa" a Mercedes sem dificuldade.
Completamente, embora eu ache que esta garantia da Toyota é, no fundo, como a dos híbridos. Basicamente o pessoal terá que fazer a manutenção toda na marca e submeter o carro aos testes da treta, que irão atestar sempre uma saúde do caraças!
 
Última edição:
Top Inferior