Honda-e, um utilitário há muito esperado

Telmo Salgado

Moderator
Staff

Contém 35,5kwh de baterias, o suficiente para bastante mais de 200km de autonomia. Sem preços ainda, bem como a data de lançamento.
 

João Prates

Moderator
Staff
Estou bastante curioso com o preço que vai ser anunciado...
Já somos 2.

Quando vamos para carros pequenos a coisa complica-se e muito.

A capacidade da bateria manda mais no preço que qualquer outro factor, e meter uma bateria deste tamanho num carro citadino não sei se não o vai tornar impossível de vender...

Só 4 lugares... :mad:(n)
Excelente! Mais um anti-sogras!!!

:devilish:
 
Gosto imenso do modelo. E espero que chegue tal qual tem sido divulgado.
Aquela ideia de acabar com os retrovisores habituais acho lindo 🤩
Depois o carro faz-me lembrar os templos gregos: superfícies cheias de luz, sobriedade estética, e montes de tecnologia.
Talvez a companheira se apaixone.

Abraço
Crisóstomo
 

Luis Neves

Moderator
Staff
Isto está claramente apontado ao segmento premium. Está giro, bem dotado tecnologiamente e com uma bateria suficiente para uso urbano e suburbano. Agora barato é que não vai ser....
 

Miguel Vinha

New member
Apesar de gostar bastante do design exterior e interior, isto cheira-me imenso a carro criado para servir de compliance car...
Apenas 4 lugares, uma bateria com capacidade modesta e um equipamento híper carregado de tecnologia que vai certamente mandar o preço para a estratosfera.
Isto aliado à entrada de novos players como o peugeot e-208, o novo ZOE e o DS3 Crossback e-tense (segmento premium) todos eles com 50kwh, vai tornar muito difícil vender este Honda. Só alguém mesmo perdido de amores pelo carro.
 

Telmo Salgado

Moderator
Staff

cito:

El precio del Honda e partirá de los 34.800 euros (antes de aplicar los incentivos de la Administración) en el caso de la versión de 100kW (136 CV), y de los 37.800 euros (también sin incluir incentivos) en la versión Advance, que ofrece un mayor equipamiento y más potencia, hasta los 113kW (154 CV).

Concordo com os comentários do preço, isto vendido ao valor pedido terá tarefa árdua...
 

cito:

El precio del Honda e partirá de los 34.800 euros (antes de aplicar los incentivos de la Administración) en el caso de la versión de 100kW (136 CV), y de los 37.800 euros (también sin incluir incentivos) en la versión Advance, que ofrece un mayor equipamiento y más potencia, hasta los 113kW (154 CV).

Concordo com os comentários do preço, isto vendido ao valor pedido terá tarefa árdua...
Quase o preço de um Leaf, que está 2 segmentos acima...
 

João Prates

Moderator
Staff
Sem saber mais sobre a bateria abstenho-me de comentar.

O Leaf pode estar 2 segmentos acima (ou será apenas 1?), mas tem a bateria mais mal desenhada da história, com a consequente degradação record a acompanhar.

Eu pessoalmente acho o preço caro, mas toda a gente diz que o carro vem recheado de tecnologia mas não detalham que tecnologia é essa, e que pode justificar o preço.

Experimentem apinhar um i3, que também é um "carrito" pequeno, com todos os extras e digam-me depois se não foram parar quase ao dobro do preço deste Honda...
 

João Prates

Moderator
Staff
Mais uma review de Frankfurt, e o que aprecio neste vídeo em particular é o detalhe da qualidade de construção:


Continuamos à espera de uma review técnica do equipamento e power train, e claro, de um teste de condução decente.
 
Pffff o Windows 95 já tinha um screen saver assim ...
O preço deste pequenote deve andar pela mesma bitola de e-2008 não?
 
Este carro confunde-me a psique.
Os carros são desde sempre o que são. Ponto final. Já este não sei o que é.

Pelo tamanho parece um Mini.
Pela simplicidade interior parece o Golf de uma alemã com que namorei.
Pelo painel de instrumentos viajo para uma feira de tecnologia e sim, concordo com o Prates, aquele aquário relaxa profundamente.
Pela conjugação entre a simplicidade e a tecnologia rectlinea sinto-me a percorrer o Partenon num dia de sol suave, muito suave.

Adorei a limpidez dos retrovisores, e era um dia de chuva.
O ângulo de viragem será o ideal para alguns estacionamentos subterrâneos.
E o tecto de abrir confere uma luz especial que faz ressaltar a pureza das formas.

Digo isto e sinto que não disse nada, que só arrannhei a superfície.
Era preciso conduzi-lo, andar por ermos e estradas cheias de sol coado por nuvens transparentes ao son de um clássico.

Mas chega para o entranhar e nos entranharmos? Não estou convencido.
Há nesta mistura de simplicidade e tecnologia um desafio que não sei esclarecer.

Abraço amigo
Crisóstomo
 
Top Inferior