Estratégia Nacional para o Hidrogénio (EN-H2)

João Prates

Archie Bunker
A versão final da Estratégia Nacional para o Hidrogénio (EN-H2) foi agora publicada.

Fiz upload para a nossa área de media aqui.

Este tenho mesmo de ler, e convido-vos a fazer o mesmo, para podermos debater neste tópico o seu conteúdo, à medida que formos tendo questões.
 

Luis Neves

Moderator
A minha perspetiva do H2 era aquela que o ministro qualifica como pobre e que não terá subsídios: eletricidade-H2-eletricidade.

Havendo fileiras para consumo direto do H2 e tendo este preços competitivos e sendo verde, a coisa muda um bocado de figura. E ainda mais colocando em cima da mesa um recurso natural que Portugal tem e os países do norte nem tanto: o sol. Enquanto o custo do eólico não baixar ao nivel do fotovoltaico, isso dá-nos uma vantagem competitiva muito grande.
 
Última edição:

Telmo Salgado

Moderator
Gostei muito. Não nutro simpatia nem antipatia pelo governo, mas Matos Fernandes é uma figura muito positiva.
Estou como o Luís Neves, surpreendido com algumas coisas que não sabia, e que abrem portas de interesse.
O gasoduto ibérico que fará ligação a França é uma delas.
 

João Prates

Archie Bunker
Tens todo o direito a ser do contra, mas convém fundamentar, e antes disso ainda informar sobre os motivos e o plano.
Para isso tens um tópico bem extenso e aprofundado para leres aos poucos nas tuas folgas aqui, e então sim teríamos todo o gosto em trocar ideias contigo e perceber melhor os pontos de vista de cada um.
Depois de leres o tópico, onde muita gente contribuiu com muito boas ideias, críticas construtivas, e opiniões, podes por lá (ou aqui) explicar então o que é que já foi demonstrado não ser viável, se quiseres.
 

Telmo Salgado

Moderator
Lamento ser do contra mas não acredito nesta história do H2 verde.

A Europa planeia investir todo um desenvolvimento do H2 verde, e não será certamente por questões de lobby fóssil, porque não existem petróleo e gás no continente.
A viabilidade existe quando o preço das fontes primárias tradicionais exceder o preço das renováveis, e isso é cada dia que passa mais verdadeiro.
 

Telmo Salgado

Moderator
Ena pá, 300MW!

Entretanto sabem-se mais projetos, desta vez duma aliança que inclui a Vinci e parceiros locais:



No total de França, Espanha e Alemanha ascende a...67GW até 2030!! o_O

Para atingir este objetivo, serão necessárias construções colossais de eletrolisadores!!
 
Top Inferior