Discussão dos sistemas híbridos

É isso que realmente diferencia a Toyota das outras marcas.

Um aparte, como funciona o sistema dos DS 5 e dos Peugeot RXH 508 a diesel, são full Hybrid, como os nossos Toyotas, digo isto, pk vê-se tantos na estrada, quase todos importados.

[Nota mod: DISCUSSÃO desenvolvida a partir de comentários pertinentes aos sistemas híbridos, separada da thread original]
 
Última edição por um moderador:

Paulo Lapa

Active member
IMG_20200213_220542_622.JPG.
Viva Telmo, então queres dizer que um híbrido Toyota funciona assim mais tempo em EV e menos tempo a combustão.
As barras azuis são o MCI em funcionamento sem barras é o funcionamento EV e o É e recuperação de energia.
Resumindo uma viagem de 21min. Foi a comportar.se maior parte do caminho como um puro EV.
PL
 
Última edição:

Pedro Tiago

Active member
Viva Telmo, então queres dizer que um híbrido Toyota funciona assim mais tempo em EV e menos tempo a combustão.
Isso não é assim tão linear, de certeza que esse grafico não traduz por exemplo uma viagem feita em autoestrada. Esta discussão é antiga, e há um post, no antigo forum, muito interessante sobre o tema a propósito do lançamento do actual Yaris HSD.

[Efeito Yaris - Até 50% em modo eléctrico ]
 
Última edição por um moderador:

Paulo Lapa

Active member
Como não faço AE regularmente encaixa perfeito na minha rotina diária.
Mesmo em AE faz consumos na cada dos 5l,o que não é nada para o MCI 1.8l de 99cv.
Sem a motorização elétrica, o consumo iria andar na casa dos 8 a 15l aos 100km.
PL
 

Telmo Salgado

Moderator
Staff
(...)
Sem a motorização elétrica, o consumo iria andar na casa dos 8 a 15l aos 100km.
Tenho sérias dúvidas, no spritmonitor o Auris 1.2T (115cv) tem média total de 7, no Fuelly a versão USA 1.8auto anda pelos 7,8 (30MPG)

Notem todos que este tópico é meramente informativo. Talvez alguma desta discussão possa merecer outra thread própria?
 
Última edição:

Paulo Lapa

Active member
Experimenta andar uma boa parte do caminho em modo pwm os consumos vão ser mais altos entre os 6.5 e 9l, sente.se uma leveza na condução,falo da minha experiência do dia a dia, também já fiz o percurso casa trabalho com os 2 Pruis, e fiquei com a ideia de que o 2G foi mais poupado. Passa no dB do 2G está lá o teste em registo fotográfico.
PL
 

João Prates

Moderator
Staff
Caros este tópico foi criado para de forma o mais sucinta possível explicar as vantagens e desvantagens dos híbridos, para quem percebe pouco de tecnologia automóvel e se sente intimidado com tanta designação e escolha possível no mercado actual. Uma espécie de dicionário automóvel.

Por favor deixem conversas de circunstância para outras áreas do site, elas não pertencem aqui.
O tópico do @Telmo Salgado foi muito pertinente porque aprofundou um aspecto da designação "híbrido" que não tinha sido coberta no post original.

Tudo o resto não devia ter sido aqui colocado, desculpem a frontalidade.
Respeitem por favor a organização do site, para nosso próprio benefício.

Obrigado.

[Nota mod: Prates, separei numa outra thread.]
 
Última edição por um moderador:

Telmo Salgado

Moderator
Staff
É uma daquelas situações que o HSD merecia uma bateria maior. Mas as vantagens podem diluir-se num preço maior...
 
Top Inferior