Diário de bordo do White Pearl - Prius 4G PHV - Luís Neves

Luis Neves

Moderator
Hoje o white Pearl foi esticar um pouco os pneus, numa viagem por estradas secundárias com bastantes declives, e tentando maximizar o modo EV num percurso de mais de 80 km. Algumas imagens da volta antes do resultado final:





 
Última edição:

Luis Neves

Moderator
Mais um estirão, este feito sempre de noite. A média final é afetada por 20 km de estradas secundárias e uns 15 de via rápida, de resto tirando algumas subidas foi sempre autoestrada com o cc ligado a 125 km/h.



p.s. - não precisei em toda a viagem de tocar nas luzes, ligam-se sozinhas e a gestão de médios/máximos é totalmente automática. :)
 

Luis Neves

Moderator
Revisão dos 60k efetuada, e resolvido um problema de bateria já a queixar-se de estar fraca. Pilha do telecomando substituída, a única coisa fora do planeamento usual. Este carro é um aborrecimento. 😁

Uma carga completa continua a beber 6,4 kWh ao fim de 2 anos, o que denota uma bateria de tração cheia de saúde.

Mais uma viagem longa, de novo dentro do mesmo intervalo de consumo. Mais de 400 km de AE na casa dos 120-125 km/h no velocímetro.

 

Luis Neves

Moderator
E bom, na verdade foi a última viagem deste jogo de pneus. Ao passar numa casa de pneus para fazer uma rotação e alinhar a direção, descobri que os 2 pneus do lado direito estavam perto das marcas de desgaste (ao contrário dos 2 do lado esquerdo que tinham notoriamente mais piso). Pior do que isso, o traseiro direito tinha uma lascadela em que se via a tela (!) e mais alguns sítios que davam a sensação de que a borracha ia também lascar. Este jogo de Dunlop Sport Bluresponse já estava com maus aspeto por isso tratei logo de encomendar pneus novos, que foram montadios hoje. Depois de ver vários testes e aproveitando o feedback positivo do Prates, montei os Michelin Crossclimate+. Ainda ponderei os Michelin Primacy 4, mas estes Crossclimate+ parecem mesmo um caso sério de eficiência, conforto e durabilidade.

Os Dunlop são (foram) bons em vários aspetos, aderência, ruído, etc, embora já soubesse que o ponto fraco era a durabilidade, não pude deixar de ficar dececionado quando os vi terminarem o ciclo de vida abruptamente com desgastes assimétricos e a borracha a desfazer-se...com 2 anos e pouco e 52.500 km.
 

Telmo Salgado

Moderator
Jogo inteiro de 4 pneus aos 52mil km?
Fiquei chateado quando no meu 3G um par de pneus Bridgestone fez somente 59mil na frente... (n)
 

Luis Neves

Moderator
O tempo decorrido (desde cerca dos 12.000 km) já deu várias voltas ao contador, claro. Era bom que fosse 9h57m...:)

Nestes mais de 50.000 km mantém-se um racio EV de 50%, o que é excelente tendo em conta que 2/3 dos km são de autoestrada.

A média de consumo no CB está nos 2,7 litros aos 100 (o valor real é ligeiramente superior, está nos 2,85 l/100) e a média EV está nos 12.3 kWh aos 100 km.
 
Última edição:

João Prates

Moderator
CKL
Wolverine!

Agora fora de brincadeiras, que grande sorte apanhar isso ao chegar a casa.

Tipicamente quando vejo que estou a chegar perto de um nº interessante tento memorizar e ter o cuidado de ir vendo para o apanhar em flagrante... e acabo por falhar sempre... :(
 
Top Inferior