DB Volvo V60 T8 Plugin Hybrid

Olá a todos,

"despachados" os primeiros 5.000km da V60 T8 Plug in Hybrid, dou inicio ao diário de bordo.

Como referi no tópico de apresentação, faço aproximadamente 100km/dia, autoestrada + engarrafamentos (Palmela/ pontes de Lx/ baixa pombalina/ Lisboa cidade), e mais ou menos de 15 em 15 dias faço uma viagem >500/ 600 km. Normalmente só faço um carregamento diário.

A carrinha: Adoro a carrinha!... o conforto, a robustez, tudo! Mas o que faz realmente a diferença é o(s) motor(ers).

Por um lado a suavidade, silêncio e ambiente a bordo da condução em modo elétrico é excelente.
Por outro, as acelerações e reprises da carrinha são brutais! Roçam o viciante, com o perigo de darem a ideia que qualquer ultrapassagem é possível. Não é que interesse por aí além, mas está limitado a 250Km/h (impressiona é a rapidez com que lá chega… e continuaria a subir).
Obviamente que dosear estes 2 'lados', eficiência vs emoção, nem sempre é fácil, e o que os distancía é basicamente o consumo.

O consumo elétrico ronda sempre os 20 e tal kWh/100km (por vezes mais… como podem ver nas imagens que anexo), que contrasta com alguns consumos que vou lendo aqui no fórum… Noto que a subir a autonomia reduz-se de forma bastante significativa.
Noto ainda clara redução da autonomia em dias de muito frio (estimo -15% a -20%)
Combinando os consumos (elétrico + gasolina) estou com uma média de 6,5L/100Kms, com alguma margem para melhorar (se em vez de 1 fizesse os 2 carregamentos diários…), sendo que em viagens longas não há muito mais fazer.

Para interessados em mais info e um teste ‘profissional’, sugiro a consulta de https://www.autofoco.pt/teste/ver/794343

Ainda aguardo o envio do cartão GalpEletric, pelo que todos os carregamentos que faço são no escritório e pontualmente em casa. Ainda não fiz qualquer carregamento em posto público.
O operador do cartão faz diferença? Qual aconselham?
O arranque elétrico carece de algum tipo de aquecimento?
Alguma dica para melhorar o consumo?

Abraço a todos
R
 

Anexos

Carlos Costa

Active member
O carro é espectacular, sem dúvida, mas se conseguisses carregar na ida e na volta o consumo seria muito mais interessante. Assim são mais de 10 eur diários só para a viagem. Com fins de semana à mistura lá vão umas boas centenas de euros por mês só para alimentar o bicho!! Eu já passei por isso, mas não tenho saudades. :LOL:
 

Bruno R. Almeida

Active member
Não é igual! Eu por acaso tenho Galp Eletric porque associei ao tarifário de casa e Continente e consegui 20% em horário vazio, onde os restantes itens são idênticos e ainda 10% do valor da fatura em cartão continente.
Como diz o outro, é veres os teus consumos e fazer um pequeno Excel para validares o que melhor se adapta a ti
 
Não é igual! Eu por acaso tenho Galp Eletric porque associei ao tarifário de casa e Continente e consegui 20% em horário vazio, onde os restantes itens são idênticos e ainda 10% do valor da fatura em cartão continente.
Como diz o outro, é veres os teus consumos e fazer um pequeno Excel para validares o que melhor se adapta a ti
Recebi hoje o cartão e vou testar.
Também tenho GALP em casa, com contador bihorário, pelo que usufruo também do tal desconto no período do vazio : vamos ver!
 
Hoje assumi que ia esticar extensão em casa, pelo que vim sem “reservar” bateria para amanhã.

Saída de LISBOA ainda com trânsito, fila em Alcantara até ao tabuleiro, e depois velocidade estabilizada de 110/120km/h na autoestrada até Palmela. Temperatura começou com 10graus e cheguei com 9.
Resultado:
38km, com um consumo de 0,3L (daria uma média de 0,8L/100km). Infelizmente cheguei com a bateria esgotada, pelo que estes números só valem para estas distâncias...
Conforme já tinha referido, mesmo com o pé bastante leve, o consumo elétrico foi de 9,1Kwh+0,9 regenerados, ou seja, média >20 kWh /100km... é o que é!
 

Anexos

Bruno R. Almeida

Active member
Também tenho GALP em casa, com contador bihorário, pelo que usufruo também do tal desconto no período do vazio : vamos ver!
@Ricardo Carvalho uma boa vantagem é aproveitar o tarifário em vazio para as outras atividades mais dispendiosas energeticamente falando, pois a Galp não sabe se esta a carregar o carro ou com a maquina da roupa a funcionar.
No meu caso muito especifico, com estas adaptações consegui um redução mensal de 10€ em eletricidade.
 
Esta manhã à saida de casa, bateria carregada, o Waze "aconselhou" a Vasco da Gama.
Estavam zero graus e nos primeiros quilometros a autonomia baixou de forma anormal. Devia ter aquecido o interior do carro ainda ligado à corrente, mas não foi possível (recolhi a extensão ainda ontem quando a bateria ficou carregada). O aquecimento do interior do carro foi sem AC!
O trajeto até Lisboa pela Vasco da Gama é maior (48,5km), com o trânsito do costume (Infante D. Henrique parada na zona das obras, e engarrafamento 'normal' à chegada à Baixa).
Resultado:
48,5km, com um consumo de 1,3L (daria uma média de 2,7L/100km). Consumo elétrico de 9,3Kwh+1,3 regenerados.
 

Anexos

o pré aquecimento é mandatorio no inverno. o meu outlander aquece todos os dias 20min antes de sair de casa
Mesmo!... mas a logística atual para carregar o carro em casa, não é compatível com a normal disponibilidade matinal 😂😂😂 (enrolar e arrumar a tralha, fechar janelas, etc.)
Arrumo ao fim da noite inviabilizando o pre aquecimento: em resolução
 

Joao Ferreira

Moderator
Staff
a ideia é usares o pré aquecimento com o cabo umbilical ligado. o que referes até pode acontecer apenas tens que compensar o tempo necessário para repor os 100%, devem ser poucos minutos.
No meu caso tenho pré aquecido durante 10min, 20min antes de sair de casa.
 
Quando experimentei mantinha o cabo e horário de carregamento activo. Não é uma redução muito grande mas não fica com a "Carga completa"
 
Ontem no regresso de Lisboa, resolvi testar fazer a viagem toda em modo elétrico. Passei o modo Hybrid para Pure: o GPS deixa de gerir a bateria para a distância ao destino, passando a gastar bateria enquanto houver.
Como se vê na imagem em anexo, o consumo não baixa dos 20kwa/100km (condução a velocidade estabilizada, entre os 100 e 125km/h).

F945D183-8524-42AD-B25F-FBEBDAF1721B.jpegD0463394-A468-4EE0-9119-BA2E4A7E1663.jpeg

O pico no consumo de gasolina que, na imagem, se vê no final da viagem é ridículo...a 700m de casa, tinha consumido 0 de gasolina. Nessa altura o motor a combustão arrancou e o consumo disparou, mesmo sem estar a acelerar (relembro em 700m!). Média final = 0,6L/100km

Já me tinha acontecido 2 ou 3 vezes: durante uns 40seg / 1 min, o carro dispara o consumo: chega a aumentar a média no dash de 0,4 em 0,4L/100km, com o carro parado. Passados os tais segundos, desce a pique, da mesma forma como subiu...
Pergunta de leigo: estes carros têm filtro de particulas?
 

Telmo Salgado

Moderator
Staff
Viva, Ricardo

Não sei como se processa a gestão do motor de combustão, mas quando ele arranca terá de vencer a inércia térmica do bloco, porque este se encontra frio, comprometendo a eficiência em vários parâmetros.
É provável que tenha GPF, mas julgo que esse comportamento não se deve a isso, mas sim ao facto de ser um 2.0 turbo, com consumos que não são meigos.
 
Viva, Ricardo

Não sei como se processa a gestão do motor de combustão, mas quando ele arranca terá de vencer a inércia térmica do bloco, porque este se encontra frio, comprometendo a eficiência em vários parâmetros.
É provável que tenha GPF, mas julgo que esse comportamento não se deve a isso, mas sim ao facto de ser um 2.0 turbo, com consumos que não são meigos.
Boas!
O comportamento que relato, aconteceu 3x nestes quase 2 meses de utilização ... normalmente quando o o motor de combustão arranca, o consumo obviamente sobe, mas muito devagar e de acordo com o pé direito. Nestas 3 x o consumo “galgou” anormalmente durante os tais 40/50 seg, mesmo com o carro parado, e depois baixou novamente a pique ... 🤔
 
Boas, o consumo com o carro parado e o motor a trabalhar tem de disparar mesmo, porque está a ser consumido combustível e não há deslocação pelo que este consumo será adicionado à distância percorrida no espaço de tempo de medição. O mesmo se passa no Auris, quando está parado e liga o motor por exemplo para aquecer, o consumo aumenta e de que maneira a média sobe logo. Agora porque é que o Volvo liga ao chegares a casa não sei, mas será que não estará frio e fica a fazer uma fase de aquecimento como os Toyotas?
 

Telmo Salgado

Moderator
Staff
Também estive a pensar e não estaria a bateria a ficar abaixo do nível mínimo? O MCI arrancar e iniciar também algum carregamento?...
 
Top Inferior