Concept 2021 Mirai

William Esteves

Not Shakespeare
E está quase aí!

image.png


6-E0-FD65-E-43-AD-415-A-AD31-55389-D817-A9-E.jpg


Este carro seria tão incrível se em vez dos depósitos de H2 tivesse, já nem digo mais, 60kWh em baterias era tão incrível... :)
 

William Esteves

Not Shakespeare
@Carlos Costa , é uma boa questão... Sei que o depósito do Mirai I só teria certificação para 15 anos, o que aconteceria depois confesso não saber... Talvez re-certificação como acontece nos depósitos de GNL/GNC?
 

William Esteves

Not Shakespeare
Especificações:

image.png


Fuel Cell com mais potência, novo motor elétrico (3KM) mais potente que o anterior que é diferente do UX300e, bateria com menor capacidade (talvez passagem a química de LiOn?), mais 20l de hidrogénio dividido por 3 depósitos (64,9l+52l+25,3l) todos de capacidades diferentes do Mirai anterior.

É também mais comprido, mais largo, mais baixo e ligeiramente mais pesado (70kg).

O carro foi também visto recentemente a rodar em público:

next-gen-toyota-mirai.jpg


next-gen-toyota-mirai.jpg


next-gen-toyota-mirai.jpg


next-gen-toyota-mirai.jpg


Apetece bater à Toyota por não substituir a FC e os depósitos por baterias LiON...

Tenho também suspeitas de que haverá pelo menos 2 versões de equipamentos, com farolins diferentes:

-> Versão 1

image.png


-> Versão 2

image.png
 
Última edição:

William Esteves

Not Shakespeare
Alguns dados extra da tabela acima:

Altura minima ao solo: 155mm
Dimensões exteriores (CxLxA): 4975x1885x1470mm
Distância entre rodas (F/R): 1610/1605mm
Dimensões da cabina (CxLxA): 1805x1595x1135mm
Raio de curvatura: 5,8m
Fuel Cell Stack: 330 células, 128kW (174 PS)

Aumento de 30% de autonomia com apenas 16% de combustível... Num carro maior, mais potente e pesado... Eficiência (y)

Data oficial de apresentação:
image.png
 

William Esteves

Not Shakespeare
Começamos a ter noções do quanto a Toyota evoluiu nesta nova geração do Mirai!

Se já se sabia haver mais potência, mais eficiência... Ficamos agora a saber que para além de oferecerem um carro superior... É também mais barato!!!

Na Alemanha, o "atual" Mirai começa em 76.600€, o novo irá começar nos 63.900€!

Fonte: https://www.toyota-media.de/blog/to...er-toyota-mirai-ab-63900-euro-erhaltlich/text

Como a comparação será garantida, o Tesla Model S Long Range Plus começa nos 76.900€
 

Telmo Salgado

Moderator
Ainda fora do alcance da maioria das carteiras, o que não admira, pois é segmento D+/E.
E falta onde carregar, pelo menos aqui na periferia da Europa, o que se torna uma vantagem natural dos BEV pois há centenas de milhões de tomadas.
 

William Esteves

Not Shakespeare
Já rolam, e que beldade aqui temos!



EDIT: Aproveito também para partilhar algumas particularidades:

image.png


A FC está à frente, onde o MCI tradicionalmente habita. Esta nova FC é cerca de 2x mais pequena que a do Mirai de primeira geração e pesa apenas 32kg!
Tipicamente, um motor de 2L a gasolina com potência similar (174cv) iria ter um peso superior a 100kg.

Futuramente, caso se pretenda um Mirai mais potente "basta" que a Toyota consiga instalar duas FC no carro e extrair assim potência superior a 350cv.

A redução do custo é em grande parte devido à redução de 72% no uso de platina face ao Mirai de primeira geração. Houve também redução do tempo de produção.

image.png


Conforme referi uns posts mais acima, a capacidade instalada de H2 aumentou, esta é a localização dos depósitos. É importante referir que a eficiência motriz também aumentou, não sendo por isso só devido ao aumento de combustível a bordo que a autonomia esperada aumentou.

image.png


Obviamente de que... não há frunk.

Outra vantagem do Mirai, é a purificação do ar...

O funcionamento das FC necessita de admissão de ar, e ao mesmo tempo o próprio filtro do ar e a passagem pela FC irá remover as PM2.5 bem como NOx e SO. Basicamente, o carro é um grande purificador ambulante já que o ar à saída é mais limpo que à entrada.

Nos vídeos dá para ver um manómetro (L/min) no infotainment, basicamente o carro diz qual a quantidade de ar que filtrou :ROFLMAO:


Vídeo técnico, onde podemos ver muita informação.

Apesar da minha opinião pessoal ser BEV's para ligeiros, é inegável o desenvolvimento e engenharia empregue neste novo Mirai.

Talvez uma legislação adequada que obrigue à produção de H2 verde, e um preço de venda competitivo (não com os MCI mas PHV/BEV) iria tornar o mercado bem mais apetecível. E o ambiente só tinha a ganhar com a competição FCV vs BEV!
 
Última edição:

William Esteves

Not Shakespeare
Novas informações que foram possíveis retirar do ultimo video do post acima:
A FC passou de 37L/56kg para 29L/32kg com aumento de potência de 114kW para 128kW. A potência especifica aumentou 40% (de 3.1kW/L para 4.4kW/L) e a potência especifica aumentou 100% (de 2kW/kg para 4kW/kg).

A razão de armazenamento (quantidade de hidrogénio / peso dos tanques) também aumentou 5,3% (de 5,7% para 6%)

O tempo de fabrico dos depósitos diminui 66% (demorava cerca de 10min anteriormente).
 

Telmo Salgado

Moderator

Um sacrifício necessário., marketing, ou apenas um empurrão na massificação da tecnologia?

Duas perguntas ficam no ar...

- Este H2 será de que origem?
- O protocolo de abastecimento é exclusivo da Toyota ou qualquer FC pode ir abastecer?
 

Telmo Salgado

Moderator
Ok, então é mais universal do que os SuC, parece-me bem.
 

João Prates

Archie Bunker
O que não quer dizer que não exista controlo de acesso, uma autenticação na bomba, por cartão ou outro método que faça o abastimento exclusivo aos Mirai.

Seria um disparate total, os FCV já são tão poucos que seria estúpido reduzir ainda mais, mas tecnicamente seria perfeitamente possível.
 
Top Inferior