Compra de painéis fotovoltaicos - tenham cuidado!

Luis Neves

Moderator
Penso que as pessoas que passam por este forum são mais informadas que o normal, pelo que talvez não vá dá grande novidade. Mas para quem não tenha refletido sobre o assunto, fica o alerta.

Na televisão passa regularmente publicidade a incentivar particulares a instalar painéis fotovoltaicos, com mensalidades que até parecem reduzidas. Há dias andou na minha rua um "angariador", como os das comunicações móveis, de porta em porta, a questionar sobra a instalação de painéis. Por curiosidade estive uns minutos a ouvi-lo. Em nenhum momento referiu a necessidade de avaliar o perfil de consumo da casa, em vários momentos foi sugerindo que tendo uma moradia com um telhado grande deveria aproveitar para colocar vários painéis.

Ficou para mim muito claro que a ignorância sobre questões técnicas roçava o total, e só posso concluir que isto não é inocente da parte de quem cria este modelo de negócio. Vejamos:

1 - Preços muito mais caros que o normal disfarçados de mensalidades apelativas, com venda de um sistema sobredimensionado lucrando na venda de material desnecessário;

2 - Instalação de painéis sem avalação do perfil de consumo real da casa com incentivo a serem sobredimensionados, para maximizar a produção. O resultado provável é acabar a entregar energia de borla à rede durante uma boa parte do dia, por ausência de consumo na habitação.

Negócios destes também gostava de ter!

Caros, nunca mas nunca instalar painéis sem primeiro colocar um monitor a registar consumos durante alguns meses, para determinar o consumo basal da casa durante o dia. Se não tiverem consumo a energia produzida vai para a rede e alguém agradece!

Por exemplo, em minha casa o valor de c«onsumo base durante o dia anda na casa dos 300 W. De que me serviria ter um sistema de 1 kW? Bem gostava, mas o essencial da energia que gasto é à noite, e não de dia quando os painéis estão a produzir.

Be warned, não caiam nessa!
 

João Prates

Archie Bunker
Ah @Luis Neves ... nem sei que te diga... isso é o dia a dia desses vampiros, e as pessoas caem na maior das boas vontades...

Mas o que é triste, mesmo triste, é que quando uma empresa honesta chega ao pé dos mesmos clientes a fazer propostas sérias e bem dimensionadas para o caso em apreço, acaba por perder o negócio ou porque é de uma empresa pequena que nunca ouviu falar, ou porque ao menos numa empresa grande como a EDP podem reclamar (como se nas outras não pudessem), ou porque ao menos na EDP (e GALP e outras das gigantes) pagam em suaves prestações em vez de pagar tudo de uma vez.

As pessoas são enganadas, vão-me desculpar a frontalidade, mas é mesmo porque querem/gostam de ser enganadas.
Todos os meses reclamam do seu comercializador que lhes rouba na fatura mensal, mas quando é para instalar PV é com eles que preferem ir... vamos fazer o quê???

Essa malta da EDP e GALP conseguem comprar o material a 1/2 ou até 1/3 do preço que as pequenas e médias empresas conseguem, mas apesar disso vendem os sistemas ao dobro, e às vezes mais disso, do preço que os pequenos mas honestos propôem... estás a ver a margem que essa malta tem... depois chegam ao final do ano e quanto toda a gente passou o ano a rapar tachos eles têm milhões de lucro... ah pois... assim como tu dizes, também eu!

Bom alerta, 100% real e fidedigno, mas infelizmente acho que cai em saco roto.
 

João Prates

Archie Bunker
Yup, porque outro qualquer rmotivo faria sentido veres os comercializadores EDP, GALP e outros a fazer essa publicidade?

Se fosse tudo honesto e sério esses comercializadores iam perder dinheiro porque as pessoas ganhavam independência energética e deixavam de lhes pagar... seria isso, certo?

Nah, eles não estão cá para perder, e à medida que as pessoas ganham sensibilidade e querem ter alguma independência, eles aparecem para não só anular o prejuízo (para o comercializador) dessa suposta independência como ainda para fazer mais dinheiro à custa dessas pessoas!

É tão simples!
Mas poucos vêm o fito e o engano como tu viste, porque não têm know-how e experiência no tema!
 
Última edição:

William Esteves

Not Shakespeare
@Ricardo Salgado , a Powerwall deve demorar a chegar.
Mas procura as bateria da Ampere, já têm inversor integrado e controlo pela Web, em que procura a metereologia para saber se vale a pena “comprar” mais à noite.
 

João Prates

Archie Bunker
Onde os meus pais moram um vizinho via "EDP", foi colocado um painel que apanha mais sombra que sol...
No interior norte já vi módulos virados a Norte, e quem os tinha estava super satisfeito e orgulhoso do investimento!
Eu nem tive coragem de abrir a boca, com pena do homem.

Há muita gente sem escrúpulos a enganar incautos.
 

Pedro Oliveira

Well-known member
Sim, é verdade, também vieram a minha casa e tentaram fazer o mesmo, vender o que lhes interessa, quando lhes tentei mostrar os consumos que tenho durante o dia e que não ia ter a rentabilidade que indicavam, apenas pretendeu mostrar que não podia ser verdade.
 

Telmo Salgado

Moderator
E por falar nisso, alguém sabe se as novas Powerwall da Tesla já se vendem em Portugal?
Bem sei que não são baratas, mas usando isso o excesso de produção fica todo em casa...


Pela escassez de células disponíveis, pelos vistos passaram a vender em conjunto com a instalação (painéis?).
 
Caros, nunca mas nunca instalar painéis sem primeiro colocar um monitor a registar consumos durante alguns meses, para determinar o consumo basal da casa durante o dia. Se não tiverem consumo a energia produzida vai para a rede e alguém agradece!
Para quem é um leigo na matéria, poderias indicar melhor que tipo de aparelho é este e como se instala?
Obrigado.
 

Telmo Salgado

Moderator
Eu fiz uma estimativa a partir dos consumos nos parciais do bi-horário, referentes à parte dia (coincide com a fase solar). É evidente que existe um outro padrão mais fino, que são as alturas do dia, seja periódico (eletrodomésticos que arrancam e desligam), ou até os dias da semana em que temos mais movimento durante o dia.
 

Luis Neves

Moderator
Para quem é um leigo na matéria, poderias indicar melhor que tipo de aparelho é este e como se instala?
Obrigado.

O monitor que adquiri já tem uns anitos, fica aqui um link:

OWL monitor

Basicamente falamos de um kit composto por um sensor, tipo pinça, que é colocado no quadro elétrico, abraçando um dos fios condutores de energia. Esse sensor liga a um dispositivo que emite um sinal wireless para uma estação que pode ser localizada a alguma distância, e onde se podem visualizar os consumos e descarregar a informação para computador. Há alguns sistemas mais modernos que emitem a informação via rede wi-fi para um portal, onde podem ser depois visualizados ou consultados (podem existir custos adicionais nesta solução).

No caso deste meu OWL, o registo de consumos é feito minuto a minuto, indicando a potência média utilizada e o consumo cumulativo até ao final de cada dia.

Apesar de ser um consumidor "pesado", andarei por volta dos 1.000 kWh mensais e tenho 10,35 kVA contratados, a verdade é que durante o dia o consumo basal da casa anda entre 200 e 350W. Se colocasse vários painéis, a rede agradecia....assim, coloquei apenas um painel de 250 W, o qual deve chegar para o recado no verão.

Reparem que não adianta para isto considerar outros consumos intermitentes, como seja o uso de um microondas ou máquina de lavar, pois são consumos por minutos ou escassas horas, nem sempre acontecem, e os painéis produzem continuamente....

Por isso dimensionar o sistema é fundamental para não se deitar dinheiro à rua nem dar lucro a terceiros. Talvez um dia, quando as baterias baixarem mais, possamos meter todos os painéis que couberem, para produzir de dia e gastar à noite. Aí esta questão desaparece e venham quantos painéis for possível.
 
Top Inferior