Autocarros de transporte público elétricos

Luis Neves

Moderator
Staff
Cliente Ecowatt
Pois é, mesmo naquele que deveria ser o domínio de excelência do hidrogénio, vemos as baterias a começarem a entrar.

Em Coimbra já circulam autocarros elétricos:

 
Última edição:

Luis Neves

Moderator
Staff
Cliente Ecowatt
Com uma curiosidade. A empresa que ganhou o concurso:

 
Última edição:

Luis Neves

Moderator
Staff
Cliente Ecowatt
Pois é, a BYD....os chineses a dar cartas, já que os europeus não se têm interessado pelo assunto, nem os japoneses.
 

João Prates

Moderator
Staff
Excelente, Braga e Coimbra, quem se segue?

Sabem a capacidade das baterias desses da Caetano Bus?
 

Pedro Tiago

Active member
Cliente Ecowatt
acho que tem várias opções:


Aqui menciona 150kwh
como capacidade e potencia...🤢

Aqui tem mais alguns dados:
 

João Prates

Moderator
Staff
Pois, ambos os links já com alguma idade (2011), seria interessante conhecer a oferta actual da Caetano Bus.

como capacidade e potencia...🤢
Vamos dar o desconto, ainda não existia a Ecomove com a explicação das unidades de medida LoL :ROFLMAO:
 

Luis Neves

Moderator
Staff
Cliente Ecowatt
Mais importante que saber quem chegou à frente, é que existam muitos destes "amigos" a circular por aí.

Ora então dei com uma notícia que coloca algum enquadramento na questão.

A propósito da chegada de uma unidade e.City Gold da Caetano Bus a Guimarães, referem-se encomendas de 15 unidades para o Porto e 6 para Braga.

Caraterísticas do "bicho": bateria de 150 kWh, 88 passageiros, autonomia de 150 km e velocidade máxima de 70 km/h. Colocação muito curiosa das beterias no tejadilho, por forma a evitar subir o acesso ao autocarro. A notícia refere a instalação de um PCR de 150 kW,
 

Luis Neves

Moderator
Staff
Cliente Ecowatt
E agora algo sobre o "bicho" adotado em Coimbra. Na foto abaixo de uma apresentação pública, do lado esquerdo está a explicação para a CaetanoBus não ter entrado no concurso. Foi critério uma autonomia mínima de 200 km, algo que apenas a Byd foi capaz de cumprir, e por larga margem. Como podem ver do lado direito, onde se sistematizam as caraterísticas do autocarro, a Byd cumpriu com uma autonomia de 320 km para um veiculo de 85 passageiros. Pela info do Prates terá 348 kWh. Na foto refere-se que carrega a 40x2 kW, o que correlaciona bem com as 4h de carregamento indicadas.

E pronto, que venham muitos mais, os nossos pulmões agradecem (não consigo esquecer-me do degredo de fumarada preta a que estamos em geral condenados quando se segue atrás de um autocarro de transporte público).

20190227_110040.jpg
 

João Prates

Moderator
Staff
Em Lisboa não vi nenhum até agora.

Mas como faço mais os eixos rodoviários, é possível que me passem ao lado.
 

José Rosado

New member
São estes:


Mas pelos vistos era só durante 3 meses... :unsure:
 
A Caetano já se viu obrigada a mudar os componentes, os primeiros eCity Gold tinham mecânica Efacec e entretanto alteraram para Siemens, vamos ver que se segue.
 

Rui Amaral

New member
Confirmo em Coimbra, inclusivé falei com um dos condutores que me disse que carregam durante a noite e que mesmo com as subidas e descidas de alguns trajectos a carga dá para o dia inteiro.
 

João Prates

Moderator
Staff
Epá isso já foi há 3 anos... sim, desse lembro-me, cheguei a estar nele mas foi na Praça da Figueira.

Actualmente não tenho conhecimento de nada... o Engº Pedro Farias dizia em tempos que os diesel eram menos poluentes que os híbridos... cala-te boca...
 
Bom dia, ainda me estou a adaptar à casa nova. Apenas para referir que em Viseu circulam dois mini autocarros elétricos (nas linhas C1 e C2, para quem vive na cidade). Levam umas 20 pessoas. Já me desloquei num deles mas não sei as características. Se por acaso me cruzar com algum tento perceber se consigo fotografar ou entrar em conversa com o/a motorista.
 
Nem de propósito, ontem encontrei um em modo exposição :mad: e coloquei algumas questões acerca da capacidade das baterias aos jovens que estavam a tomar conta do bicho.
Não me souberam dizer a capacidade da bateria, apenas que dava para 120km/130km dependendo da condução e da regeneração que o condutor fosse conseguindo fazer e que demoravam cerca de 8 horas a carregar. Ficam algumas fotos:

IMG_20190911_195033.jpg

IMG_20190911_194949.jpg

IMG_20190911_194933.jpg

IMG_20190911_194940.jpg
 
Última edição:
Top Inferior