Audi e o fim dos MCI

William Esteves

Not Shakespeare
A Audi é a nova marca a anunciar que planeia lançar o último novo carro MCI em 2026 nos mercados globais, e que em 2033 deverá passar apenas para veículos 0 emissões.

Refere também, de que continuará a produzir carros com MCI após 2033, caso o mercado (como por exemplo a China) assim o pretenda.


De grosso modo.... Nada de novo... Vai-se adaptando ao mercado como todas as outras marcas...

Espera atingir "net-0 emissions" em 2050, igual à Toyota que tão mal falada é... E a Audi que tanto tem sido elogiada...

Interessante também é não referirem ser apenas BEV's... Será que os FCV's... :censored:

Deixo uma ideia louca... Será que perto de 2023 vamos ver o primeiro FCV de produção Audi? :whistle:
 

João Prates

Archie Bunker
continuará a produzir carros com MCI após 2033, caso o mercado (como por exemplo a China) assim o pretenda
Isso é um cheque em branco para continuar a produzir, porque poucos vão ser os mercados até 2050 que se vão fechar em definitivo aos MCIs.

Espera atingir "net-0 emissions" em 2050, igual à Toyota que tão mal falada é... E a Audi que tanto tem sido elogiada...
Como diz o @Luis Neves , é tudo uma questão de serem (ou não) inteligentes no marketing que fazem.
A Toyota nisso é burra que nem uma porta, diz tudo sem filtro nas reuniões de acionistas, sem traduzir cá para fora com floreados, depois lixa-se.

Agora não venhas com histórias, o que dá boa imagem à Audi é ter uma carrada de modelos BEV à venda, e a Toyota só ter na China, isso faz TODA a diferença!
Aliás olha para o @Telmo Salgado a espumar-se todo de cada vez que falam no grupo VW a relembrar os milhões de diesel produzidos... os BEV fazem esquecer isso...

O que o grupo Porsche, perdão, VW está a fazer é muto bem jogado, e atrevo-me a dizer que a Toyota devia fazer o mesmo com a Lexus.
Basicamente escolhem uma marca do grupo (têm tantas que o podem fazer) para ser apenas BEV, e com isso fazem um brilharete e uma campanha de marketing brutal.

Imagina a Lexus a ser uma marca unicamente BEV... já viste o espectáculo que era? Queres melhor afirmação do compromisso com a tecnologia BEV?
Estranho é terem tanto know-how em Solid State Batteries, terem-nas supostamente quase prontas para comercialização, e não apostarem em força em BEVs, isso sim estranho!

Mesmo sem falar nas marcas que já possuem a 100% ou em maioria de capital, sendo que muitas são de comerciais e veículos com pouco interesse para o mercado ocidental, já andam a meter a mão na Mazda forte e feio (aposto numa aquisição pacífica a curto prazo), idem para a Subaru, e vamos a ver quem mais... O que é que custava fazer Lexus = BEV?

Interessante também é não referirem ser apenas BEV's... Será que os FCV's...
Não faço ideia, nem tenho visto desenvolvimentos em FCV por parte dos grupos alemães, com muita pena da Chanceler.
 

William Esteves

Not Shakespeare
Agora não venhas com histórias, o que dá boa imagem à Audi é ter uma carrada de modelos BEV à venda, e a Toyota só ter na China, isso faz TODA a diferença!

Concordo a 100%, a Toyota está mais que atrasada no campo dos BEV.
Aproveito e questiono também:
O que conta mais para ti? Dizer que tem BEV's e ter uma média de CO2 mais elevada ou dizer que tem HV's com uma média inferior?

O que o grupo Porsche, perdão, VW está a fazer é muto bem jogado, e atrevo-me a dizer que a Toyota devia fazer o mesmo com a Lexus.
Basicamente escolhem uma marca do grupo (têm tantas que o podem fazer) para ser apenas BEV, e com isso fazem um brilharete e uma campanha de marketing brutal.

Imagina a Lexus a ser uma marca unicamente BEV... já viste o espectáculo que era? Queres melhor afirmação do compromisso com a tecnologia BEV?
Estranho é terem tanto know-how em Solid State Batteries, terem-nas supostamente quase prontas para comercialização, e não apostarem em força em BEVs, isso sim estranho!

Mesmo sem falar nas marcas que já possuem a 100% ou em maioria de capital, sendo que muitas são de comerciais e veículos com pouco interesse para o mercado ocidental, já andam a meter a mão na Mazda forte e feio (aposto numa aquisição pacífica a curto prazo), idem para a Subaru, e vamos a ver quem mais... O que é que custava fazer Lexus = BEV?

Nenhuma marca estabelecida, conseguia manter a sua sustentabilidade ou mesmo a sua existência, se fosse 100% BEV... Daí ainda ninguém o ter feito nem o fará a curto prazo. Mesmo a Audi, planeia ter MCI's depois de 2030, não é muito diferente da Toyota...
E esta última tem carros como a Hilux, LandCruiser, Aygo, Proace... Que são muito mais complicadas de vender como BEV apenas...

A durabilidade das baterias ainda está por provar... Relembro que, por exemplo em Portugal, a idade média do parque automovel é superior a 12 anos... Ainda não temos nenhum BEV com essa idade...
Agora vou dizer uma coisa, que já sei, vão-me cair em cima... Com o meu perfil de propriedade (longo prazo, ou muito longo prazo), começo a duvidar se PHV não será uma escolha superior e com um TCO inferior.

A Mazda já é uma subsidiaria da Toyota, a Subaru já pertence à esfera visto a TMC ter uma boa quota parte da Fuji Heavy Industries.
Nunca a Toyota iria entregar a tecnologia D4-S à Subaru (GT86/BRZ) sem ter a certeza de que a iria controlar.
 

João Prates

Archie Bunker
O que conta mais para ti? Dizer que tem BEV's e ter uma média de CO2 mais elevada ou dizer que tem HV's com uma média inferior?
O que conta para mim é totalmente irrelevante.
Dá-te por contente de haver poucos gajos a pensar como eu LoL...!!! :devilish:
Agora a sério, sabes bem a resposta, mas gastei o meu latim a falar de imagem de marca e marketing e tu vens-me com racionalidade? Bah...

Nenhuma marca estabelecida, conseguia manter a sua sustentabilidade ou mesmo a sua existência, se fosse 100% BEV...
Bullshit.
Tesla, Smart, Polestar, etc... e mais virão... enquanto tiverem outra no grupo a pagar as contas, claro está...

A durabilidade das baterias ainda está por provar... Relembro que, por exemplo em Portugal, a idade média do parque automovel é superior a 12 anos...
Não assunto.
Com 12 anos o carro vale zero, seja BEV seja MCI, se as baterias estão boas, razoáveis, ou nas coves, é irrelevante.
Com essa idade o carro tem de ir para abate e reciclagem, e até chegar a essa idade tens a Lexus a garantir 10.000.000 kms, os outros podem fazer o mesmo, se pouparem a bateria.

A Mazda já é uma subsidiaria da Toyota, a Subaru já pertence à esfera visto a TMC ter uma boa quota parte da Fuji Heavy Industries.
Nunca a Toyota iria entregar a tecnologia D4-S à Subaru (GT86/BRZ) sem ter a certeza de que a iria controlar.
Ora bolas, e não foi isso que eu disse, embora com menos detalhe?
Mas ainda não é maioritária em nenhuma das duas, acho eu, se for então sim será novidade para mim.
 

William Esteves

Not Shakespeare
Agora a sério, sabes bem a resposta, mas gastei o meu latim a falar de imagem de marca e marketing e tu vens-me com racionalidade? Bah...

Por falar em marketing, lembrei-me agora:

Não faço ideia, nem tenho visto desenvolvimentos em FCV por parte dos grupos alemães, com muita pena da Chanceler.

Isso não é bem assim... :)

A Bosch já tem contratos de fornecimento:


A Daimler tem a Cellcentric que falei no outro tópico.

A VW também falei dela no outro tópico.

A BMW já vai começar os testes de estrada e a produção está para 2022:


Achas mesmo que a chanceler alemã ia falar do H2, e investir tanto no H2, se a indústria automóvel alemã não fosse para lá? ;)

Tesla, Smart, Polestar, etc... e mais virão... enquanto tiverem outra no grupo a pagar as contas, claro está...

A única estabelecida é a Smart... As outras surgiram a "meia-dúzia de anos"... Era aí que queria chegar, serem marcas com alguma idade...
E deste-me razão, a Smart nunca se iria manter por si só!

Não assunto.
Com 12 anos o carro vale zero, seja BEV seja MCI, se as baterias estão boas, razoáveis, ou nas coves, é irrelevante.
Com essa idade o carro tem de ir para abate e reciclagem, e até chegar a essa idade tens a Lexus a garantir 10.000.000 kms, os outros podem fazer o mesmo, se pouparem a bateria.

Pode valer 0 de valor comercial, mas não tem qualquer custo mensal! Faz toda a diferença nas contas das famílias! É exactamente por isso que tantas famílias em Portugal mantêm o carro tanto tempo!

Falo por mim, a idade ideal para troca são 15 anos.
Regra geral uma família tem 2 carros, é comprar carro em média a cada 7~8 anos, acho bastante bom.
 

João Prates

Archie Bunker
Faltou-me referir na comparação entre a Audi e a Toyota que os mercados onde a Audi vende, assim como as quantidades, "cabem na cova dente" da Toyota como se costuma dizer:

1624651032768.png


Converter a Audi em BEV-Only (que já vimos ser apenas marketing e não corresponder à realidade) seria sempre muitíssimo mais fácil que converter uma Toyota.
 

Telmo Salgado

Moderator
MCI's a gasolina e gasóleo no próximo Audi A4 a sair em 2023.

Que rica notícia para juntar à tagarelice/verborreia do grupo.
Se os ditos MCI fossem mais eficientes, nomeadamente aplicados ciclos sobreexpandidos, eu não diria nada porque o caminho ia-se fazendo com menos emissões, no fundo contribuindo para uma redução que todos queremos.
Mas o "mais do mesmo" é simplesmente deitar a toalha ao chão nos corredores de engenharia e achar que o fabrico de BEV tudo limpa.
Se há que construir MCI, porque há muito mercado que ainda o pede, teriam de ser (muito) melhores que os atuais.
 
Top Inferior