A Indústria Automóvel e a sua relação difícil com os semicondutores

Olá a todos,

Encontrei este vídeo acerca das dificuldades que a Indústria Automóvel tem tido com a cadeia de abastecimento de chips.
Foca-se na Tesla e em porque tiveram menos problemas que os demais, mas é interessante porque dá um perspectiva simples sobre o que causou o problema e como funciona - ajustado para quem conhece pouco da Indústria dos Semicondutores.


Um abraço,
Ricardo Salgado
 
Um bom resumo do que se passou/está a passar.

- A versão curta em português -
Quem trabalha na industria automóvel sabe bem como os fabricantes tratam os seu fornecedores... espremem os preços e têm sempre razão.
Com a chegada em força da pandemia os fabricantes alegaram a situação especial (normalmente prevista nos contratos), cancelaram as encomendas e os fornecedores que se desenrascassem.
Olha e não é que se desenrascaram com novos clientes (tecnológicos e eléctricos) normalmente menos exigentes(testes e papelada) e que pagam melhor.
Agora os fabricantes automóveis querem aumentar os volumes das encomendas e simplesmente os fornecedores têm a sua capacidade ocupada com outras encomendas, provavelmente mais bem pagas. Logo os fabricantes automóveis vão ter de pagar mais. Azar!!
- Fim da versão curta - :ROFLMAO:

Para o futuro não nos podemos esquecer que grande parte da produção está localizada em Taiwan que neste momento está sob ameaça de invasão da China. E que as novas fabricas que estão a ser construídas ainda vão demorar a produzir.

Vamos ver....

P.S. pode ser que a Europa veja o erro que foi transferir todas a produção para o Oriente e volte a produzir na Europa. Nós como pais devíamos chegar-nos à frente. o futuro nao pode ser só turismo e serviços. (Apenas a minha opinião)
 

João Prates

Archie Bunker
Não tive tempo de ver o vídeo ontem, a ver se consigo hoje ao final do dia, mas pelo resumo do @Ricardo Costa fico com a sensação que já o vi, muito bem Ricardo!

Subscrevo na íntegra os teus comentários também, mas só quando os preços de bens essenciais como alimentação e energia disparam é que a malta acorda para a dependência externa, e assim que aliviar vais ver que se esquecem logo num instante novamente... memória curta é o mal do povo deste rectangulo à beira mal plantado.
 
Top Inferior