A fantástica evolução da segurança automóvel passiva

William Esteves

Well-known member
E é este o motivo de que quando me dizem "já não se fazem carros como antigamente" eu respondo "ainda bem!!"

Se bem que muitos não entendem...
 

Bruno R. Almeida

Active member
Estas imagens são incríveis.
Deviam ser mandatórias nas aulas teóricas do código da estrada, mas não podemos pois podemos ferir suscetibilidades 😡
 

Telmo Salgado

Moderator
O Corolla de 98 (E100) do ensaio na realidade remonta à geração iniciada em...1991. Entre estes dois "tete-a-tete" ainda houve E110, o E120, e o Auris E150.
O E100 é duma altura em que os requisitos era muito menores.
 

Nuno Cardoso

Active member
Tens razão Telmo, é uma geração antiga que terá levado certamente as suas atualizações, no entanto, não deixa de ser de supostamente de 98, tem 22 anos. O Almera dos meus pais tem 20 anos, a diferença é ter dois airbags, deixa sempre a pensar...
 

Telmo Salgado

Moderator
Outro interessante:


A própria conceção (motor longitudinal) faz com que o Volvo não tenha capacidade de reter/absorver colisões frontais "parciais". O Volvo 940 surgiu em 1990, sendo nada mais que um 740 (nascido em 1982).
À época eram considerados muito avançados em segurança. Em 2010? Naa....
 
Última edição:

Bruno R. Almeida

Active member
Eu vejo pelo prisma pedagógico de indicar que a segurança evoluiu e muito nos últimos tempos, mas nada pode desresponsabilizar as consequências de um ato criminoso.
 

Rui Amaral

Active member
Nada como umas tiras de "duct tape" para enganar o sistema....
 
Top Inferior